" O meu filho/a precisa de aparelho? Está na altura?"


 

Estas são duas das perguntas que muitos pais fazem quando reparam que algo se passa na boca dos seus filhos.

É comum achar-se que um tratamento ortodôntico só se deve iniciar quando todos os dentes definitivos estão na boca.

Em alguns casos pode até ser, mas em muitos pode-se estar a retardar uma correção numa altura crucial do desenvolvimento infantil dos ossos da face e crânio, e na eliminação de alguns hábitos de sucção que possam causar malefícios no futuro para as criança, quer em termos de estrutura facial e oral , como na fala, no sono e até no processo de mastigação.

A criança deve ser acompanhada desde a erupção do primeiro dente na consulta de Odontopediatra, onde fará a educação e prevenção para uma boa saúde oral. 

Caso haja mau posicionamento dentário ou crescimento incorreto dos maxilares, será encaminhada para um especialista em Ortodontia que intervirá com procedimentos simples mas fundamentais para estimular o bom desenvolvimento e crescimento dos dentes e maxilares, evitando, muitas vezes, tratamentos complexos mais tarde.

No CCDO apostamos numa Medicina de Prevenção.

 



Este site usa cookies, para guardar informação de forma segura no seu computador.

Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.

aceito cookies

Saiba mais acerca dos cookies